15 de fev de 2007

Libertadores 2007

E começou ontem mais uma Libertadores. Mas, peraí. Essa não parece ser só mais uma Libertadores: parece ser A Libertadores. Isso porque nesse ano temos várias equipes boas (leia-se argentinas, brasileiras e mexicanas) numa proporção nunca antes vista. São três times mexicanos, cinco argentinos e seis brasileiros divididos com times de outros países que provavelmente serão meros coadjuvantes. Além disso, é a primeira vez na História que a dupla Gre-Nal está na mesma edição da competição. E é sobre a dupla gaúcha na competição que quero falar hoje.

O Grêmio é o único time do Brasil com 100% de aproveitamento no ano. Além disso, ainda não levou gol. Tudo bem que só disputou jogos pelo Gauchão - o que não o qualifica em nada -, mas a verdade é que o time da Azenha não só está fazendo sua obrigação naquele torneio como está muito além, e isso é o que importa. O time está voando, goleando seus jogos de maneira natural e o escambau, e isso é muito bom. Ainda por cima, o Grêmio me parece estar com sua melhor escalação em muitos anos - e uma das melhores do Brasil, sem dúvida -, com pelo menos um bom jogador em cada posição (Schiavi, Lucas, Tcheco e Tuta), além de competentes coadjuvantes. E mais, essa escalação está bem montada e fechada em si mesmo (basta ver o episódio Léo Lima como exemplo), graças à mão do excelente Mano Menezes, que tem um aproveitamento invejável à frente do tricolor. O problema me parece ser justamente o que o qualifica: a boa campanha no Gauchão pode acabar dando confiança demais para o Grêmio, que nunca entrou tão favorito para alguma coisa na sua história recente - me arrisco a dizer que nem quando iniciou a Série B. E é aí que o Mano Menezes vai ter que trabalhar mais a cabeça da gurizada e ainda fazer uma média com a torcida, porque todo mundo sabe que quanto maior a expectativa maior a frustração da massa.

Já o Inter, bem... O Inter é, por enquanto, uma incógnita. Digo isso porque o time titular conseguiu a façanha de não jogar NENHUMA vez ainda no ano, o que é grave para um time que deu a impressão até para o centro do país de ser organizado. O fato de estar indo mal no Gauchão não me parece ser problema em relação à Libertadores, apenas seria mais um peso em uma eventual crise caso o time da Beira-Rio venha a ter uma atuação ridícula nos três primeiros jogos - mas não a mola propulsora de uma crise. O maior problema me parece a falta de ritmo em jogos que pelo menos valham alguma coisa. Mas, principalmente pelo que fez no ano passado (foi vice em dois torneios e campeão nos outros dois que disputou - melhor campanha do mundo em 2006), dá para esperar que essa escolha vá dar certo. Além do mais, por mais jogadores que o time tenha perdido no fim do ano passado, o Tinga - que saiu no meio do ano - foi a peça que mais fez falta, e mesmo sem ele o Inter conseguiu se manter no Brasileirão e ganhar o Mundial. Além disso, conseguiu repor aqui e ali as peças que precisava, dentro dos limites atuais de um clube brasileiro - e gaúcho.

Enfim, como deu para ver, é de se esperar boa coisa para a dupla Gre-Nal esse ano. A Libertadores será o primeiro - e mais importante - teste do ano, e seria maravilhoso para todos - menos para a Brigada Militar - que houvesse um Gre-Nal em alguma fase do torneio, para servir para as gerações futuras como exemplo do que foi "a maior Libertadores de todos os tempos".

4 comentários:

André disse...

Inter entrar na libertadores sem ao jogar ao menos um AMISTOSO no ano é um absurdo.

Já o Grêmio parece bastante focado. O time tá ajeitadinho, mas é a libertadores, o buraco é muito mais embaixo.

Rodrigo Cardia disse...

Mesmo sendo gremista e anti-colorado, torço para que tanto Grêmio como Inter façam boas campanhas, de modo a se enfrentarem lá pelas semifinais. Seria não só a maior Libertadores, mas também o maior Gre-Nal de todos os tempos! O Gre-Nal do Século XXI!

Kleiton disse...

Ainda 100% de aproveitamento. Ainda sem tomar NENHUM gol.

Saja = McGiver.

Thiago Floriano disse...

Kra...definivamente será uma grande competição...axo q vai ser a libertadores mais disputada dessa década...
Axo q o São Paulo é dos Clubes brasileiros o grande favorito...
Mas falando da nossa Dupla...acho q o Grêmio entra na Competição no ponto certo...já o Inter, me parece evidente q vai sofrer MUITO...na Libertadores e no Gauchão...isso pq infelizmente a atual direção está achando q ta tudo perfeito e esqueceu q os outros clubes evoluiram muito e se reforçaram...enquanto o Inter só perde jogadores e não repõe...e quando o faz...faz com jovens atletas q ainda não se firmaram...caso de Rafael Santos no lugar do Eller...!!!
ah...eu sou colorado...só pra constar...hehhehhee
Falooooooooooow.

Creative Commons License

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons.