25 de abr de 2008

Pequeno comentário graças a um comentário-spam

Recebi anteontem um comentário aqui no blog de um cara que dizia o seguinte:

"Hello. This post is likeable, and your blog is very interesting, congratulations :-). I will add in my blogroll =). If possible gives a last there on my blog, it is about the TV de Plasma, I hope you enjoy. The address is (...). A hug."

Texto em inglês, elogiando de maneira vaga o blog, só poderia ser spam. Dei uma olhada no link (que eu tirei da citação, porque não quero dar mais acessos pro cara) e vi que é um blog com uma só postagem, lá do início de março, falando de uma TV de plasma. Obviamente o comentário trata-se de um spam e o blog, de um comercial (marketing viral?) mal feito pra vender televisão.

Até aí tudo bem, eu modero comentários justamente pra não ter esses lixos no Moldura, mas o que me chamou a atenção nesse episódio foram os comentários que várias pessoas deixaram no tal blog: à exceção de umas cinco pessoas, que xingaram o dono do blog, todo o resto agradeceu os elogios (alguns em português e em inglês, muitas vezes sofrível) e alguns até propuseram parcerias (?). Ou seja, a grande maioria não entendeu o que houve.

Mas qual é o problema nisso? Bem, acredito que isso possa servir, de certa forma, como exemplo para mostrar que a maioria das pessoas que acessa a internet, que lê jornais, que assiste TV, não consegue captar na sua totalidade as reais intenções do que está sendo transmitido a ela. Em outras palavras, muitas pessoas têm a mania de engolir qualquer coisa como verdade, antes de duvidar da informação. É dessa forma, por exemplo, que muitas lendas urbanas viram verdade absoluta ao serem espalhadas por e-mails notoriamente falsos, que infelizmente poucos percebem. Tomando de uma forma mais paranóica, um grande veículo de informação pode se aproveitar desse "bug" das pessoas e começar a veicular informações com uma intenção velada, de acordo com interesses próprios ou de terceiros.

E assim caminha a humanidade.

3 comentários:

André disse...

Existe uma corrente de pensamento que diz que o Brasil não entendeu a Internet.

Murilo disse...

Ou, no caso dos spams por e-mail:
"Assim ENcaminha a humanidade".

Abraço!

Beatrriz disse...

valter, eu já recebi uns dois desse tipo no meu blog. no início, até acreditei, daí fui conferir no site da criatura e vi que era tudo falcatrua.humpf!!

Creative Commons License

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons.