12 de jul de 2007

Conta comigo

Os caminhos antigos, por piores que sejam,
por mais cruéis que sejam, por mais cicatrizes que deixem,
são ao menos seguros; temos um chão para pisar.
Já decoramos o trajeto, de tanto remoer esses malditos caminhos;
Assim, ficamos ao menos tranqüilos ao escolher permanecer neles.
É como se nos deixássemos levar por uma inércia
que nos vai matando aos poucos a esperança de qualquer novidade.

Ao ver um novo caminho desvelar-se a sua frente, ficaste assustada;
afinal, o novo é sempre incerto;
o novo caminho a seguir não existe, temos que construí-lo.
A segurança do antigo, por pior que seja, nos parece melhor.
Quando caminhamos pelo novo, temos à frente um caminho invisível.
Continuar por ele demanda coragem, exige atenção e dedicação,
e nem sempre estamos preparados para isso.

Como tu, tenho agora um precipício a minha frente
e um caminho invisível a trilhar por sobre ele.
Só temos uma vida para viver;
enquanto remoemos caminhos ruins, mas "seguros",
perdemos a chance de entrar por novas
e excitantes trilhas, recheadas de surpresas.
Se quiseres alguém pra atravessar o caminho contigo, conta comigo.

Um comentário:

Thiago F.B disse...

Muito bom!!!
e muito bom saber que estás compondo...hehehe
abraço rapá...
Faloooooow.

Creative Commons License

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons.