4 de jun de 2007

Coelhos

Coelhos são, aparentemente, engraçadinhos por natureza. Sua aparência fofinha, seu narizinho sempre trabalhando e seu charme mimoso fazem deles um dos animais mais queridinhos pelas pessoas. Basta alguém ver um exemplar da espécie para logo começar a falar, com aquela voz de quem está falando com um bebê, "mas que lindinho, vem cá, vem!" E lá vai o coelhinho, com aquela graça característica. Entre as várias curiosidades mimosinhas desses animais, pode-se citar:

-Os coelhos são mamíferos. Apesar de roer tudo que vêem pela frente, eles mamam em suas mamães quando são bebês;
-A altura máxima que um coelho consegue saltar é 6 metros. Porém, podem saltar mais se correrem perigo.
-Os coelhos roem de tudo para gastar seus dentes, que não param de crescer. Os dentes da frente dos coelhos são como os dos roedores, que crescem durante toda a vida, e um dos dentes é escuro. Para que eles fiquem do tamanho certo os coelhos roem de tudo, principalmente madeira
-O tempo de gestação de um coelho é superpequeno, apenas 1 mês, tendo de 4 a 6 filhotes e amamentando entre 20 e 30 dias; logo depois a mamãe coelho já pode ter mais filhotes. É por isso que ele é um símbolo muito comum na Páscoa, por sua fertilidade (para judeus e cristãos, tem a ver com a esperança de um nova vida).
-Um coelho pode ver atrás de si mesmo sem mexer o pescoço, graças a seus olhos que ficam do lado da cabeça.*

Pobres humanos. Mal sabem eles que os coelhos são, na verdade, a grande prova de que a Natureza é muito, muito perversa. Na pele de um animalzinho todo lindinho, o animal de estimação de Satanás (esse blog anda repetindo muito esse assunto de Capeta, não acham?). Animal cruel e mesquinho, o coelho é um verdadeiro assassino. Não existem muitos relatos sobre isso porque são poucos os que sobreviveram a seus ataques covardes.

Os grandes biólogos do Monty Python - que eram comediantes nas horas vagas - já nos alertavam sobre isso no filme Monty Python em busca do Cálice Sagrado:



Se alguém ainda não acredita no que está escrito aqui, vejam esse vídeo - fortíssimo -, em que um coelho maldito tenta covardemente matar uma cobra e tirem suas próprias conclusões:



Espero que depois desse post esclarecedor vocês tenham mais cuidado com esse bicho asqueroso. Afinal, Moldura Digital também faz campanhas sociais para alertar a população.

* dados retirados da Wikipedia.

4 comentários:

Rodrigo Cardia disse...

Durante a colonização da Austrália, um fazendeiro inglês levou alguns coelhos para lá, "para se sentir em casa". Resultado: eles se tornaram uma praga sem precedentes.

Eu mesmo disse...

Tô dizendo...

luciano disse...

Huummm, eles gostam duma cobrinha então?
Vo leva uma lá pra casa, hehehe

André disse...

Aquele ataque do coelho aos biólogos do Monty Phyton é de uma crueldade sem limites.

Chorei.

Creative Commons License

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons.