18 de mai de 2007

Defensor 2 X 0 Grêmio

Estádio Centenário, Montevidéo
Gols: Sorondo (D) 1' 1t e Martinez (D) 42' 1t

O Defensor já pode ser considerado a grande sensação da Libertadores de 2007. Apesar de ainda não ter enfrentado nenhum adversário realmente superior no mata-mata, enfrentou dois brasileiros e está indo bem. A última vítima foi o Grêmio, cuja derrota ontem por 2 a 0 decretou uma bela vantagem aos uruguaios.

O jogo já começou ruim para os gaúchos; antes de poder dizer Pindamonhangaba, já estavam atrás no marcador. Isso abala qualquer equipe e não foi diferente com o Grêmio. O time não conseguia imprimir seu ritmo, apesar de o Defensor também não assustar muito. O primeiro tempo estava indo embora de maneira bem chata até, quando os uruguaios ficaram com um jogador a menos (após um chamado "chute na cara" bem dado). Parecia então que teríamos um empate, talvez até uma virada. Foi quando, no fim do primeiro tempo, o Defensor decretou de vez a derrota tricolor, graças a uma saída do gol infeliz do caçador de borboletas Saja. No segundo tempo tivemos de um lado um time fazendo jus ao nome e se defendendo para garantir a vantagem e de outro um time que simplesmente não conseguiu traduzir a vantagem numérica em vantagem alguma.

Agora ficou difícil, mas não impossível, para o Grêmio. Afinal, até o Flamengo conseguiu fazer dois nos uruguaios. Por outro lado, o Defensor não é o Caxias e parece querer ser o Once Caldas e aprontar muito ainda na competição.

(Para a visão gremista da partida, clique aqui)

Nenhum comentário:

Creative Commons License

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons.